Sangue de Cordão Umbilical

Colete, armazene e prepare sua família para o futuro.

Por que armazenar?

  • O momento do parto é a única oportunidade de coletar essas células especiais, em seu estado mais jovem.
  • É utilizado há mais de 30 anos, em mais de 50.000 usos terapêuticos, com aprovação para utilização no tratamento de mais de 80 doenças, incluindo leucemias (uso alogênico), linfomas, mieloma, anemias graves e tumores sólidos.
  • Na busca de um doador para transplante, a chance de compatibilidade é maior entre familiares, portanto ter o cordão disponível para testes, é uma alternativa importante. O sangue de cordão permite maior flexibilidade na compatibilidade, por ter células mais imaturas e menos reativas imunologicamente, comparado à medula óssea de adultos.

Sangue de Cordão Umbilical - Por que armazenar?
Sangue de Cordão Umbilical - Por que armazenar?

Por que armazenar?

  • A longo prazo, os resultados dos transplantes com sangue de cordão, apresentam igual ou maior sobrevida, em comparação aos transplantes com medula óssea de adulto em casos de leucemia com doença residual mínima, e menores índices de recaída da doença e de rejeição, comparados aos transplantes de medula óssea de doadores adultos.
  • Mais de 4 milhões de unidades estão armazenadas em bancos privados de sangue de cordão, pois o transplante de sangue de cordão aparentado tem melhores resultados que o não-aparentado.
  • O sangue de cordão está sendo testado em pacientes com autismo, paralisia cerebral, diabetes mellitus e acidente vascular cerebral (AVC). Confira essas informações nos sites parentsguidecordblood.org/pt/ensaios-clinicos e clinicaltrials.gov.

Células-Tronco do
Sangue de Cordão Umbilical

Armazenar células-tronco de cordão umbilical é uma atitude preventiva a quem deseja maior segurança para a família no caso de uma possível necessidade, e coletadas no momento de seu maior potencial: ao nascimento.

Ao nascimento, as células-tronco de cordão umbilical são consideradas mais imaturas que as células-tronco em adultos, e isso possui potencial para proporcionar melhores resultados com seu uso.

Células-Tronco do Sangue de Cordão Umbilical
Propriedades do Sangue de Cordão Umbilical

Propriedades do Sangue
de Cordão Umbilical

Possui a capacidade de reconstituir a função da medula óssea, em crianças e em adultos. Por esse motivo, é indicado e aprovado para uso em transplante de medula óssea, como parte do tratamento de doenças do sistema sanguíneo, disfunções metabólicas, imunodeficiências e tumores sólidos.

Além dos usos aprovados em transplante de medula óssea, o sangue de cordão é muito estudado em diferentes especialidades médicas, no campo da Medicina Regenerativa. Atualmente ele está sendo testado em pacientes diagnosticados com autismo, paralisia cerebral, doenças cardíacas, diabetes mellitus e acidente vascular cerebral (AVC). Confira essas informações no site do Parent’s Guide to Cord Blood e no site do ClinicalTrials.gov.

Referências:

Ballen e cols. Bone Marrow Transplantation, 2015. Gluckman e cols. Haematologica, 2011. Ballen e Lazzarus. British Journal of Haematology, 2016. Gluckman e cols. New England Journal of Medicine, 1997. Shahrokhi e cols. Journal of Biomedicine and Biotechnology, 2012. Rocha e cols. New England Journal of Medicine, 2000. Milano e cols. New England Journal of Medicine, 2016. Kim e Broxmeyer. Critical Reviews in Oncology/Hematology, 2011.

Sangue de cordão umbilical - a coleta

A coleta no
momento do parto

Um processo simples, que pode trazer benefícios para toda a vida.

Entenda o processo de coleta, transporte, processamento e armazenamento de células-tronco.

Coleta de Células-Tronco

  • A coleta de células-tronco é indolor e sem riscos, tanto para a mãe quanto para o bebê. É realizada somente após a entrega do bebê ao pediatra.
  • O procedimento de coleta das células-tronco dura em média de 3 a 5 minutos.
  • É realizada por profissionais treinados e qualificados.

Coleta de Células-Tronco
Transporte de Células-Tronco

Transporte de
Células-Tronco

  • O material é transportado em bolsas térmicas com monitoramento digital de temperatura, além de identificação detalhada desde a coleta até a chegada do material ao laboratório.
  • É realizado em todo o território nacional com empresa certificada pela ANVISA.

Processamento
das Células-tronco

  • Todos os materiais coletados pelo Hemocord são processados dentro de uma sala especial com práticas especiais de biossegurança (GMP compliance).
  • Protocolo consagrado de extração das células de interesse do sangue de cordão, para utilização imediata ou futura.
  • Congelamento automatizado do sangue e do tecido de cordão, realizado de forma gradual e monitorada.
  • Controle de acesso biométrico de todas as áreas da empresa.
  • Central de monitoramento 24h, com sistema de discador de emergência à distância e gerador próprio.

Processamento das Células-tronco
Armazenamento das Células-Tronco

Armazenamento
das Células-Tronco

  • O sangue de cordão coletado é armazenado em uma ou mais bolsas de criopreservação.
  • Pequenas amostras do sangue de cordão são armazenadas junto à bolsa e também separadamente, para possíveis testes futuros, sem necessidade de manipular a bolsa principal.
  • Armazenamento do sangue e do tecido de cordão em tanques de nitrogênio de alta eficiência, em temperatura ultrabaixa Os tanques possuem sistema inteligente de abastecimento automático que elimina risco de falha humana no processo.

Como contratar

  • 1

    Contato

    Entre em contato com um consultor e agende sua visita. Evite esperar para a data próxima ao parto, pois antecipações poderão ocorrer e você terá melhores condições de pagamento.

  • 2

    Leia o contrato

    Leia o Contrato de Prestação de Serviços.

  • 3

    Envie o contrato

    Você receberá o Contrato de Prestação de Serviços para assinatura. Envie-o imediatamente ao Hemocord.

  • 4

    Contate o plantão

    Entre em contato com o Plantão o mais breve possível, para comunicar o início do trabalho de parto ou qualquer alteração de data prevista para o nascimento através do telefone: 0800 600 3450.

  • 5

    Coleta

    No momento do parto, a enfermeira habilitada pelo Hemocord ou o médico obstetra fará a coleta logo após o nascimento.

  • 6

    Contato após a coleta

    Após a coleta, o laboratório enviará por e-mail as informações sobre o material coletado ou entrará em contato telefônico nas 48 horas posteriores ao parto. Dessa forma, solicitamos que um dos telefones esteja disponível, em caso de necessidade, para receber esse contato.

Ficou com
alguma dúvida?

Fale agora com um dos nossos consultores

Contrate agora
o Hemocord.

Veja como contratar nossos serviços.