Educação infantil: uso saudável do celular e computador durante a pandemia

É indiscutível que atualmente a educação infantil também está calçada em um pilar digital. Com a pandemia, o mundo digital se fez essencial para a continuidade da educação escolar, mas também colocou os pais de frente com uma situação nunca antes vivida. Além da adaptação da rotina familiar às aulas online, os pais precisam dosar o uso saudável das telas além do momento escolar.

Neste sentido, a Sociedade Brasileira de Pediatria preparou algumas dicas para que o tempo em frente às telas digitais seja saudável para o desenvolvimento das crianças, e ainda supra as demandas educacionais impostas pelo isolamento social. Selecionamos algumas aqui:

  • As refeições precisam ter horários distintos e respeitados. Durante a refeição, nada de telas!
  • Respeitar também os horários de sono.
  • Não esqueça de separar um tempo em família, para estreitar os laços afetivos longe dos recursos digitais – principalmente para as crianças menores de 5 anos. Momentos para se conhecer mais, brincar, conversar. 
  • Estabeleça uma quantidade de tempo de convívio social através das chamadas de áudio ou vídeo para crianças maiores de 2 anos. Os pequenos com menos de 2 anos só devem ter uso afetivo gerenciado pelos pais. 
  • Determine tempo para lazer longe das telas digitais: jogos, filmes, atividade física. 
  • Orientar quanto aos perigos online.
  • Gerenciar diariamente o tempo da criança em frente às telas e os conteúdos que tem acessado para que estejam de acordo com sua faixa etária.

Fonte utilizada:

Sociedade Brasileira de Pediatria. Recomendações sobre o uso saudável das telas digitais em tempos de pandemia da COVID-19. 2020. Disponível em: > https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22521b-NA_Recom_UsoSaudavel_TelasDigit_COVID19__BoasTelas__MaisSaude.pdf