Cuidados com os cabelos na gravidez

Cabelos na Gravidez

Quando uma mulher engravida, seu corpo começa a passar por muitas transformações que podem afetar vários aspectos de sua vida. Sabemos que o humor começa a mudar, ela fica mais sensível e pode ter enjoos. Mas também há uma transformação em sua aparência que vai muito além dos quilos extras necessários para sustentar o bebê.
Os cabelos na gravidez podem ficar mais oleosos devido ao hormônio progesterona, e essa oleosidade pode causar queda de cabelo. Além disso, o estresse e a carência de nutrientes que a gestação pode acarretar também podem danificar os fios, deixando-os ressecados e quebradiços.
Por isso, é comum que os cabelos mudem completamente durante a gravidez. Algumas mulheres de cabelos cacheados veem seus cachos perderem a forma. As que tem cabelos volumosos percebem a perda do volume. Tudo isso pode influenciar não só na aparência, mas também na autoestima da gestante.
Assim, vamos dar algumas dicas para que você cuide de seus cabelos na gravidez e não sofra tanto com essas mudanças!

  • Opte por produtos naturais e suaves, sem componentes que podem deixar seus cabelos mais oleosos, pesados e sem volume.
  • Escove os cabelos com menos frequência. A escovação pode deixar seus fios mais oleosos.
  • Se você pinta o cabelo, fique longe dos produtos com amôniaNão há nada que comprove que a amônia não faz mal ao bebê.
  • Como opção para pintar o cabelo, você pode usar tinturas sem amônia, hennas naturais e xampus tonalizantes. De acordo com a dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia de São PauloDenise Steiner, eles não fazem mal ao bebê. Vale lembrar de casos de celebridades, como a atriz norte-americana Drew Barrymore, e as brasileiras Juliana Paes e Carolina Dieckmann, que pintaram os cabelos durante a gravidez.
  • Evite usar secador e chapinha. O calor em excesso deixa os fios ressecados e quebradiços.
  • Fuja dos procedimentos químicos pesados, como permanentes e alisamentos químicos. Ainda não há consenso s sobre a ação desses produtos químicos na gestação. Um estudo realizado pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre e pela Faculdade de Medicina da UFRGS constatou que não houve relação entre o uso dos químicos e prejuízos ao feto.
  • Evite prender muito o seu cabelo, porque o uso de presilhas e elásticos pode deixá-lo mais quebradiço. Se for inevitável, procure não apertar demais os fios.
  • Alimente-se bem! A nutrição também se reflete nos cabelos. Procure ingerir alimentos ricos em zinco e ferro, como feijão e carne. Esses nutrientes vão fortalecer seus fios.

Infelizmente, os problemas com os cabelos não param  na gravidez: muitas mulheres sofrem com a queda de cabelo pós-parto. Nesse caso, os cabelos ficam em fase de repouso durante a gestação, e a mulher não sofre com oleosidade, ressecamento ou queda nesse período. Mas quando o bebê nasce e a produção de hormônios normaliza, os cabelos em repouso começam a cair para dar lugar aos fios novos. Essa fase pode durar até seis meses após o parto.
cabelos na gravidez
Por isso, saiba que a queda de cabelo uniforme e constante é normal nesse período, podendo se acentuar a até 500 fios por dia. Caso sua queda de cabelo seja concentrada em um só lugar da cabeça, ela não é comum e você deve consultar um médico para descobrir sua causa.
Durante a gestação, o cabelo requer alguns cuidados específicos, porém simples. E esse esforço vale a pena: você pode ter cabelos saudáveis e fortes, para não se preocupar com mais nada quando o seu bebê chegar!