A Decoração do Quarto do Bebê | Hemocord Magazine
decoração do quarto do bebê

Métodos inovadores de decoração do quarto do bebê

Decorar o quarto do bebê é um momento especial para todos os pais, sejam de primeira viagem ou não. Escolher móveis, brinquedos e decorações para essa pessoinha tão especial que vai chegar em pouco tempo é divertido e ajuda a controlar as emoções da gravidez e da espera. E são muitas as maneiras de decorar, pintar e arrumar o cantinho do seu bebê.

Na internet, estão disponíveis muitos tipos de decoração em que você pode se inspirar. Mas é claro que, assim como na moda, a decoração também tem tendências que mudam de tempos em tempos. Hoje vamos falar de dois métodos de decoração para quartos de bebês que estão dando o que falar!

Método Montessoriano de decoração do quarto do bebê

decoração do quarto do bebê

método criado pela educadora Maria Montessori em 1907 prioriza a autoeducação. A decoração desse quarto deve ser feita pensando no desenvolvimento da autonomia da criança. Por isso, tudo que estiver no quarto deve ficar na altura dela, seja qual for sua idade. Desde móveis até quadros e fotos decorativos, tudo deve ser pensado do ponto de vista do bebê, e não de um adulto.

Por isso, a cama deve ser baixa, ou ser apenas um colchão no chão, do qual a criança pode descer quando quiser. Além disso, uma barra pode ser colocada na extensão da parede, para a criança poder se levantar quando estiver aprendendo a caminhar. Os brinquedos devem ficar sempre à disposição dela, ao alcance de suas mãos.

Claro, por dar tanta liberdade para a criança, esse método também precisa considerar a segurança: não é recomendando usar móveis com quina, com vidro ou que sejam instáveis. É importante também proteger tomadas e colar tudo que estiver nas paredes com fita dupla face ou outro produto que torne as decorações difíceis de tirar.

Método Waldorf de decoração do quarto do bebê

decoração do quarto do bebê

Já esse método, do criador da teoria antroposófica, Rudolph Steiner, preza pela relação entre a criança e a natureza. Nesse tipo de decoração, não entram produtos de plásticos e materiais sintéticos: só aquilo que for natural deve ser utilizado. O material dos móveis costuma ser madeira – madeira natural, não compensado. Os tapetes podem ser feitos de couro ou sisal.

Banquetas e caixas de madeira podem ser espalhados pelo quarto para que a criança tenha onde se sentar e espaço para brincar. Além disso, os brinquedos devem seguir o mesmo raciocínio: só aqueles que são feitos de materiais naturais são permitidos. Recomenda-se também que os pais interajam o máximo possível no quarto do bebê, para que a criança veja o espaço não apenas como um dormitório, mas como um local de formação e desenvolvimento.

O problema desse método é que, pelo uso apenas de materiais naturais, ele pode se tornar um pouco caro e fora de orçamento para as famílias. Por isso, você deve apostar na criatividade: reciclar, reutilizar e comprar em briques (lojas de coisas usadas) são opções para ajudar seu filho a se aproximar de uma vida menos consumista e mais natural.

decoração do quarto do bebê

Esses dois métodos não precisam ser seguidos à risca para serem aproveitados, mas você pode pensar em alguns aspectos de ambos, usar sua imaginação e criar um ambiente novo e especial para o bebê que está chegando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *