Os laços da amamentação, por Georges Pacheco

Achamos interessante compartilhar com vocês este belo trabalho, chamado “Almalthée”, realizado pelo fotógrafo Georges Pacheco. O título vem da mitologia grega e remete à infância de Zeus, representada pela cabra que o amamentou. Muitas culturas consideram as mulheres como deusas devido às atividades que só elas podem realizar. A maternidade é uma delas. O ato da amamentação é o símbolo de amor e feminilidade.

Usando como referência pinturas renascentistas italianas e holandesas, Pacheco mostra a delicadeza, a sensualidade que existe na mulher durante “o milagre da amamentação”.

É um bom momento de reflexão para todas as mulheres. Valorizar esse ato, que aproxima e cria laços essenciais entre a mãe e a criança, é realmente importante. Mas sabemos, é claro, que o papel da mulher hoje vai muito além da maternidade.

Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Georges Pacheco

Georges Pacheco


Este trabalho está em exposição até 27 de Outubro na Avenida da Liberdade, em Braga, Portugal, no âmbito dos Encontros da Imagem. O tema deste ano é “O amor e a família”. Para ver o trabalho completo, clique aqui.