Odontopediatra esclarece dúvidas sobre a primeira dentição dos bebês

Choro, dor e salivação excessiva são sinais de que os primeiros dentinhos começaram a nascer
O bebê chora sem motivo aparente, por vezes, pode apresentar febre e forte salivação? Esses sintomas são comuns quando os primeiros dentinhos começam a nascer nas crianças. As mamães menos experientes podem se preocupar e não saber o que fazer para amenizar essa fase de desconforto nos pequenos.


Por isso, a odontopediatra Isabela Barbosa esclarece algumas dúvidas sobre essa importante fase de desenvolvimento e dá algumas dicas sobre a importância dos cuidados e da orientação especializada para evitar problemas na primeira dentição dos bebês.
 

  • Em qual idade começam a aparecer os dentinhos das crianças?

Dra.Isabela – Os primeiros dentinhos de leite começam a erupcionar na boquinha por volta dos seis meses de idade, podendo variar de acordo com cada criança. Há bebês em que, precocemente, com quatro meses já tem alguns dentinhos, enquanto outros com um ano ainda não tem nenhum.

  • Quais os sintomas iniciais que podem incomodar os pequenos?

Dra.Isabela – Durante o nascimento dos dentinhos, acontece um “rasgo” na gengiva do bebê para que o dente possa erupcionar, ocorrendo um processo inflamatório local. Assim, a região fica desconfortável, dolorida e a temperatura corporal do bebê pode ser a mesma de quando ele tem alguma outra inflamação qualquer, aumentando o desconforto geral. Na época de erupção dos dentes de leite, os bebês costumam ficar mais irritadiços, babam mais, têm gana de morder e coçar a região para que passe o desconforto da gengiva onde irá nascer o novo dentinho.
 

  • Existe uma forma de atenuar esse desconforto?

Dra.Isabela  – O uso de mordedores nessa fase é indicado, pois alivia a coceira que eles sentem e ajuda a acelerar o processo de erupção do dente. Por haver um processo inflamatório no local e a região estar mais quente, usar calor frio alivia bastante o desconforto (existem mordedores que podem ser colocados no congelador e atuam nos dois sentidos). As pomadas comercializadas para aplicar e diminuir a dor devem ser usadas apenas com indicação médica ou de um odontopediatra, pois a composição recomendada deve ser a mais natural possível, sendo usadas de acordo com necessidade específica, já que muitas não são sequer indicadas.
 

  • Quais os principais cuidados que as mães devem ter nessa fase?

Dra.Isabela – As mamães devem estar atentas: quando a gengiva do bebê estiver bem inchada e esbranquiçada e notarem alteração no comportamento do seu bebê, a possibilidade de estar vindo um dentinho novo é grande. Para os bebês que já estão comendo, é bom evitar a ingestão de alimentos quentes no período mais crítico, quando o dentinho ainda está rasgando a gengiva, para não aumentar o desconforto. Não é recomendado usar pomadas sem indicação médica ou odontológica. É importante lembrar também que, assim que nascem os dentinhos, já devemos iniciar uma rotina de higiene bucal para evitar o desenvolvimento de lesões de cárie no futuro.
 

  • Ao observar que os dentinhos não aparecem, qual a providência a ser tomada?

Dra.Isabela – Caso o bebê esteja um pouco atrasado no nascimento dos dentinhos de leite, é recomendado procurar um dentista especializado no atendimento de bebês e crianças para que o profissional faça uma avaliação e indique as causas desse atraso.