Mães fumantes

Você está pensando em engravidar? Então saiba que além de se preparar psicologicamente para ser mamãe, também deve avaliar se está disposta a abrir mão de alguns hábitos. Fumar é um hábito para alguns, mas, para outros, é um vício. Vocês sabia que bebês de mães fumantes têm o dobro de chances de sofrer com episódios de cólica excessiva? Segundo os pesquisadores da Organização Australiana de Pesquisa Científica Aplicada, isso se deve a uma substância presente na nicotina do cigarro (a cotinina), que é eliminada no leite materno. Quando o bebê ingere o leite contaminado, tem seu sistema metabólico afetado em função da amamentação. Quanto mais cotinina receber da mãe, maior será a intensidade da cólica. Além isso, o hábito pode trazer outra série de problemas como:

• Risco de aborto;

• Complicações durante o parto;

• Descolamento da placenta e ruptura precoce da bolsa;

• Maior a probabilidade do bebê nascer com defeitos genéticos;

• Morte súbita do bebê;

• Comprometimento do desenvolvimento cerebral do bebê;

• Desenvolvimento de alergias e  infecções respiratórias no bebê.

Por isso, futuras mamães, cuidem muito bem da sua saúde que estará cuidando da saúde do seu bebê.