Cuidados com a higiene durante a gestação

Higiene durante a gestação

Higiene íntima preocupa muitas mulheres por conta das informações contraditórias. Algumas usam e recomendam sabonetes íntimos, outras acham que qualquer sabonete pode ser utilizado. Mas todas concordam que manter a higiene é essencial para a saúde da mulher.
Apesar de ser sempre importante, uma higiene íntima adequada é indispensável quando a mulher está grávida. Nesse período, por causa das alterações hormonais, a região da vulva e a vagina sofrem alterações no pH, aumentando o risco de infecções. Também é uma época em que a resistência do organismo fica mais baixa, para proteger o bebê. Além disso, o corpo passa por muitas alterações, como aumento na produção das glândulas sebáceas, da secreção vaginal e dos pelos.
Por isso, cuidar da higiene íntima é essencial durante a gravidez, para proteger  a saúde da mãe e do bebê. Para você que quer saber como se cuidar melhor durante a gestação, nós temos algumas dicas!
Técnicas simples
A higiene íntima durante a gestação não exige nada complicado. Lavar a região íntima uma vez por dia, na hora do banho, já é o suficiente. Não é recomendado usar a ducha higiênica, nem mesmo quando não se está grávida, porque o jato pode facilitar que microrganismos do meio externo entrem na vagina ou mesmo no útero. Isso pode causar corrimentos, infecções e até mesmo aumentar o risco de parto prematuro.
Recomenda-se que a lavagem seja feita de frente para trás, para evitar que haja transporte de bactérias do ânus para a vagina. Caso você se depile, não depile toda a região íntima: atenha-se somente à (confiram se tem crase, não tenho certeza!) linha do biquíni. Não se esqueça de que seus pelos estão ali para aumentar a proteção!
Produtos certos
Higiene durante a gestação
Os produtos certos para utilizar na higiene íntima durante a gestação são o mais simples possíveis: neutros, sem perfumes fortes, sem muita química. Sabonetes e papéis-higiênicos devem seguir esse padrão para não alterar a acidez da vagina. Não utilize produtos que possam provocar irritação, como absorventes diários, perfumes, lenços umedecidos e desodorantes.
Quando se trata de roupas e tecidos, prefira usar algodão e outros tecidos que deixem a pele respirar. Utilize também calcinhas, calças e saias que não apertem a região íntima, de preferência as que são direcionadas para mulheres grávidas. E caso sua roupa fique molhada – por exemplo, se você for para a praia – evite ficar com ela por muito tempo, para evitar a proliferação de fungos.
Fique atenta!
Higiene durante a gestação
Seguindo essas dicas, você não deve ter problemas ocasionados por falta de higiene íntima, e seu bebê, assim como você, vai estar bem cuidado. No entanto, é muito importante prestar atenção nos sinais do seu corpo. Por exemplo, se perceber algum corrimento, odor, ardência ou coceira fora do comum, é hora de procurar seu médico!
Seu ginecologista/obstetra com certeza vai saber como solucionar seus problemas e descobrir porque eles foram ocasionados. Tomando esse cuidado, junto com os cuidados de higiene, você vai ter uma gestação mais tranquila, sabendo que tanto você quanto seu bebê estão muito bem protegidos!