Decoração, higiene, saúde e conforto

Quando pensamos em montar o quarto do bebê ou redecorar o quarto do filho que já está crescidinho, logo pensando em cores, praticidade para guardar diversas coisas, motivo da decoração, tamanho da cama, posicionamento do armário, etc. No entanto, existem diversos outros fatores que deveriam ser levados em consideração e que são muito importantes para a saúde e bem estar da criança.
Não devemos esquecer que é no quarto que seu filho vai passar bastante tempo dos seus dias. Seja na hora de dormir, brincar, estudar, reunir os amigos e até mesmo, chorar depois de uma bronca, a criança vai se refugiar no quarto. Por isso, questões como segurança, higiene, temperatura do ambiente, estímulos e conforto são essenciais.
Móveis com cantos arrendodas, janelas com rede de proteção (que devem ser trocadas a cada cinco anos), armários acessíveis para evitar escaladas, prateleiras longe de camas e mesinhas são alguns cuidados relativos à segurança.
Segundo especialistas, não se deve manter no quarto estímulos que atrapalhem o sono dos pequenos. Por isso, videogames, tablets, televisão, aquários, computadores com joguinhos devem ganhar outro espaço na casa.

Em relação a ¨guerra¨ contra os mosquitos, se a mamãe optar por mosquiteiros, não deixe de lavá-lo um vez por semana por causa do pó. Mas, se quiser usar aquelas tomadas antimosquito, lembre-se que são proibidas para crianças alérgicas e de respeitar a distância que deve ficar dos pequenos aconselhada pelo fabricante.

Apesar de criança adorar aquele monte de brinquedos no quarto, fique atenta de não deixá-los acumular em cima dos armários e nem embaixo da cama. Isso dificulta a limpeza e facilita o acúmulo de pó. As cortinas devem ser fáceis de remover, pois devem ser lavadas a cada 15 dias. Durante o dia deixe as janelas abertas para ventilar o ambiente, a iluminação é outro fator muito importante no quarto do seu filho, não se esqueça. Evite limpar o quarto com aspirador de pó ou vassoura, estas ferramentas deixam ácaros em suspensão no ar durante algum tempo.Uma excelente maneira de estimular o senso de organização do seu filho é estipular espaços para cada atividade e armazenamento de elementos. O canto do estudo, a gaveta para guardar papéis e canetas, o baú para guardar brinquedos, o nicho para os livrinhos são alguns exemplos. Mas lembre-se de deixar tudo com fácil acesso, assim a criança fica mais independente.

pinterest

pinterest

 

3b7b35c899ba52cbaa74ca9b1fa75047

pinterest

082172fc7c023a1259a0b56a0b5061cb

pinterest

pinterest

pinterest

 

pinterest

pinterest

pinterest

pinterest

pinterest

pinterest

 

pinterest

pinterest

Portanto, além de deixar o quarto do seu filho bem decorado, lembre destas orientações. Alguns detalhes fazem toda a diferença.