Semana de gestação de 29 a 40 semanas

Semana de gestação: Saiba tudo da 29ª à 40ª

Neste texto, dando continuidade à parte 2 do texto que falou sobre o que ocorre com a mamãe nas entre a 13ª e 28ª semanas de gestação, este post fala sobre o período que representa o terceiro trimestre da gravidez.

Aqui você pode navegar para a semana de gestação que você tem mais interesse:

Vigésima nona semana de gestação

SEMANA 29 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Nos meninos, os testículos descem de perto dos rins até a virilha, a caminho do saco escrotal. Nas meninas, o clitóris fica relativamente saliente, porque ainda não foi coberto pelos lábios vaginais. O esqueleto do bebê fica cada vez mais rígido, e o cérebro, os músculos e os pulmões continuam amadurecendo. 

SEMANA 29 – 2º dia

ALIMENTE-SE BEM

As necessidades nutricionais do bebê chegam ao ponto máximo no terceiro trimestre. Você vai precisar de muita proteína, vitamina C, ácido fólico, ferro e cálcio (cerca de 200 miligramas de cálcio são depositados no esqueleto do bebê por dia), portanto prefira alimentos ricos nesses nutrientes. 

SEMANA 29 – 3º dia

FOME, FOME E FOME

Seu apetite está aumentando porque o bebê está num estirão de crescimento e precisa de energia. Tente resistir à tentação de comer doces e alimentos gordurosos demais. É importante comer alimentos como feijão e verduras escuras, que são ricos em ferro, para afastar o risco de anemia. Capriche na ingestão de fibras e cálcio. Porém, preste atenção, a ingestão do cálcio junto ao ferro pode prejudicar a absorção de ambos nutrientes. Por exemplo, não coma os brócolis ou espinafre com queijo, ou molho branco. O ferro é mais facilmente absorvido se ingerido com vitamina C. Portanto, comer carne vermelha com um suco de laranja ou limão é ótimo.

SEMANA 29 – 4º dia

PENSANDO NO PARTO? INFORME-SE!

Vai fazer parto normal ou cesariana? Existem muitas opiniões e é difícil tomar uma decisão. A melhor maneira é se informar ao máximo sobre o assunto para decidir, junto com o médico, o caminho mais adequado. Quando você mostra que sabe sobre o assunto, acaba mostrando para o profissional que acompanha sua gravidez que também quer participar das decisões sobre seu bebê. 

Um filme muito recomendado é “O Renascimento do Parto”, que tem entre os entrevistados o ator Marcio Garcia. O filme retrata estatísticas de partos normais e cesarianas no Brasil e tem vários depoimentos de mulheres que tiveram essas experiências, além de depoimentos de médicos sobre o assunto.

SEMANA 29 – 5º dia

SUA VIDA – DIVIRTA-SE!

Pode levar um tempo, depois que o bebê nascer, para você se organizar para sair por horas seguidas, como ir ao cinema ou a um jantar a dois, por exemplo. Aproveite, então, esta fase final da gravidez para passear, namorar, dormir e curtir a liberdade. 

SEMANA 29 – 6º dia

SUA SAÚDE – COLESTEROL

Pode ser que você seus níveis de colesterol antes normais, estão de repente mais altos.

Geralmente, isso acontece porque o colesterol serve como base de muitos hormônios que serão utilizados pelo seu bebê. Não tente baixar o índice por conta própria. O obstetra está monitorando seus exames e, se considerar absolutamente necessário ele tomará as medidas adequadas. Converse com seu médico e não se assuste antes da hora.

SEMANA 29 – 7º dia

DIFICULDADE DE DORMIR

Apesar de maior, o bebê ainda tem espaço para mexer as pernas e braços. O que quer dizer que ele está bem confortável, ao contrário de você. Infelizmente, noites mal dormidas são comuns nessa fase. Para agravar, como o bebê está maior, ele pressiona a bexiga, levando você a querer ir ao banheiro toda hora. Não caia na tentação de beber menos água, seu corpo está precisando manter bem hidratado. Uma dica é comer no jantar alimentos ricos em carboidratos, como macarrão, arroz e batatas que ajudam a induzir o sono. As proteínas, como carnes, leite, iogurtes, dão mais energia e são mais indicadas para dar pique depois do almoço.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima semana de gestação

SEMANA 30 – 1º dia

SEU CORPO

Sua barriga cresceu. Junto com ela, aumentam as cãibras e os inchaços nos pés, mãos e rosto. Isso porque há uma grande quantidade de sangue circulando pelas veias, e seu retorno ao coração nem sempre é fácil. Por isso, se você tem tendência a desenvolver varizes, use meias elásticas e mantenha as pernas elevadas sempre que puder. Lembre-se que não é aconselhável ficar de pé por muito tempo.

SEMANA 30 – 2º dia

SAÚDE DO SEU BEBÊ

No terceiro trimestre, comer bem é muito importante, pois seu bebê está obtendo nutrientes diretamente de você para crescer e ganhar peso. Nesta fase lembre-se de que o feto cresce bastante. Assim, alimentos que contenham cálcio (como o leite), ferro (gema de ovo) e proteína (carnes) são essenciais para o desenvolvimento do organismo do seu filho.

SEMANA 30 – 3º dia

AUTOESTIMA

Muitas mamães ficam assustadas nesta fase da gestação. A partir desta semana, o ganho de peso é rápido. É normal que a gestante ganhe, em média, meio quilo por semana. Lembre-se que existem barrigas de todos os formatos e tamanhos: mais compactas, espalhadas, pontudas, enormes, médias. Não existe um padrão, logo, não se preocupe com sua barriga. Apenas aproveite a fase e exiba as novas formas por ai.

SEMANA 30 – 4º dia

SUA SAÚDE – INTOLERÂNCIAS ALIMENTARES

Você sofre de alguma intolerância alimentar, como à lactose ou ao glúten? Se sim, sabe muito bem como isso exige adaptações na sua vida.

Você sabia que existe um exame muito simples para saber se seu filho terá alguma intolerância alimentar? Depois do nascimento, com apenas uma gota do sangue do cordão umbilical, é possível fazer o diagnóstico genético de muitas doenças tais como intolerância à lactose, à frutose, ao glúten (Doença Celíaca) e sensibilidade aos raios ultravioletas.

A detecção precoce dessas intolerâncias permite que você adapte os hábitos alimentares e diários do seu bebê evitando os sintomas negativos associados à alimentação errada. Isso acaba melhorando a qualidade de vida do casal e, acima de tudo, do seu bebê.

Busque essa informação com seu médico!

SEMANA 30 – 5º dia

SEU CORPO

Você sabia que o corpo humano precisa de ferro para produzir hemoglobina (proteína do sangue que ajuda a carregar oxigênio para as células do corpo) e a manter o sistema imunológico saudável? Na gestação este elemento passa ser ainda mais importante:

  • durante a gestação a quantidade de sangue aumenta em até 50% durante a gestação;
  • o ferro que está no seu corpo será usado para a formação da placenta e para o desenvolvimento do bebê;
  • a carência de ferro durante a gestação pode levar a um tipo de anemia associada a partos prematuros, baixo peso do bebê ao nascer e até, em casos mais graves, mortalidade infantil.

SEMANA 30 – 6º dia

SUA SAÚDE

Você está sentindo muita dificuldade para dormir? Saiba que a melhor posição é deitada sobre o lado esquerdo. Essa posição melhora a circulação de sangue nos órgãos e extremidades, permitindo melhor fluxo sanguíneo no útero.

Barriga pra cima por longos períodos, nem pensar agora. O peso do útero pode comprimir uma grande veia chamada Veia Cava, dificultando o retorno do sangue ao seu coração, o que pode fazer você ter sensação de desmaio. Também pode diminuir o fluxo sanguíneo para o feto, levando-o a uma situação de estresse.

Mas, se você não consegue descansar bem durante a noite toda, experimente um travesseiro de maternidade para colocar sob a sua barriga e no meio das pernas.

SEMANA 30 – 7º dia

SEU CORPO

Nesta fase, seu útero se expandiu plenamente, por isso, a pele do seu abdômen pode coçar bastante. Para aliviar essa sensação, use muito creme hidratante, loção ou óleos na região. Infelizmente, não há muito que você possa fazer para evitar completamente as estrias.

Não existem provas científicas de que uma correta hidratação evita sua aparição. Um jeito de reduzir as chances de tê-las é ganhar peso aos poucos durante a gravidez, mantendo uma alimentação saudável e fazendo atividades físicas.

Não se esqueça de continuar com as massagens nos mamilos com a bucha vegetal diariamente no banho. Isto ajuda a preparar a pele e evitar as rachaduras na amamentação.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima primeira semana de gestação

SEMANA 31 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Nesta semana, o bebê poderá ter um ganho de 200 gramas. Isso porque, esta fase da gestação é caracterizada pelo rápido crescimento do bebê. A cabecinha está entre as partes do corpo que mais crescem.

O cérebro, por exemplo, aumentou de tamanho nos últimos dias e as conexões entre as células nervosas se multiplicaram. Sua visão está quase perfeita e será aprimorada após o nascimento.

SEMANA 31 – 2º dia

A GESTAÇÃO

Você já notou sua barriga ficando dura de vez em quando? Muitas vezes nem é a barriga toda, mas só uma parte. São as chamadas contrações de treinamento, que embora possam ser incômodas, são inofensivas. 

Mas, atenção! Se sentir mais de três ou quatro contrações em uma hora ou se estiver perdendo líquido ou secreção vaginal diferente do normal, converse com seu médico.

SEMANA 31 – 3º dia

SUA SAÚDE

As atividades físicas são muito importantes, mas nesta fase, fica difícil fazer exercícios muito vigorosos. No entanto, existem atividades adequadas como caminhadahidroginásticaioga.  

Lembre-se também de tomar muito líquido. A água de coco é uma ótima opção, até duas xícaras de chá verde não fazem mal. Mas não exagere nas bebidas com cafeína como refrigerantes e café. Não é recomendado o consumo de chá de boldo ou carqueja durante a gestação.

SEMANA 31 – 4º dia

SEU CORPO

Se você já teve dificuldade para respirar, talvez agora seja pior. Isto porque o útero empurra o diafragma aos pulmões. Se sua barriga está baixa, será mais fácil respirar.

Caso comece a ter falta de ar, acalme-se e respire profundamente. Vai chegar o momento (quase no final da gestação) que o bebê descerá até a pelve e a pressão sobre os pulmões vai diminuir, fazendo com que você respire melhor.

SEMANA 31 – 5º dia

SEU CORPO

Nesta fase, você pode se surpreender ao ver que seu peito está vazando líquido antes mesmo de o bebê nascer. Esse líquido é o colostro, uma espécie de “pré-leite”. 

Se seu peito começar a vazar, use protetores.

Dormir de sutiã vai ser inevitável. Procure um sutiã que seja bem confortável e com boa sustentação. Tops de ginástica costumam funcionar bem. 

SEMANA 31 – 6º dia

SUA SAÚDE

Nessas alturas da gestação seu intestino fica preguiçoso pela posição do útero sobre o intestino e pela diminuição da atividade física. Além disso, as alterações hormonais influenciam muito.

A dica é aumentar a ingestão de fibras, ou seja, verduras e legumes crus, frutas (mamão, caqui mole, laranja com bagaço, mexerica, uva, abacaxi com o miolo), cereais e pão integrais, farelo de aveia e tomar muito líquido. Evite o uso de medicamentos.

SEMANA 31 – 7º dia

SUA SAÚDE

Um dos melhores exercícios para mulheres grávidas é a caminhada, porque ajuda a manter a forma sem sobrecarregar joelhos e tornozelos.

Essa atividade física, que pode ser realizada ao longo dos nove meses da gestação, é um dos jeitos mais garantidos de começar a se exercitar, para aquelas que levavam uma vida mais sedentária. 

O ideal é se exercitar ao menos três vezes por semana, já que a falta de rotina eleva os riscos de ferimentos e, além disso, não proporciona todos os benefícios de saúde que você procura.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima segunda semana de gestação

SEMANA 32 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Embora os pulmões estejam entre os últimos órgãos do bebê a amadurecer, seu bebê já inspira o líquido amniótico, treinando para respirar e exercitando os pulmões. É possível enxergar o movimento da respiração num exame de ultrassom. 

Se você estiver esperando um menino, os testículos dele devem estar descendo do abdome para o saco escrotal. Às vezes, no entanto, um dos testículos, ou os dois, não está na posição certa quando o bebê nasce. 

É provável que você esteja engordando até meio quilo por semana. Isso acontece porque nas últimas sete semanas de gravidez o bebê ganha metade do peso total que terá ao nascer. É bom garantir que você esteja comendo bem nesta reta final. 

SEMANA 32 – 2º dia

SEU BEBÊ

Você deve estar sentindo seu bebê se mexer bastante. Nesta fase, ele está com aproximadamente 2 quilos e está conectado com os estímulos fora da barriga. Percebe movimentos e mudanças da luminosidade dos ambientes onde você está.

Aliás, o bebê consegue mover não apenas os olhos, mas também o corpo todo: os braços, as pernas e a cabeça. Se todo esse movimento incomodar, a dica é mudar de posição, dar uma caminhada ou beber um copo d’água ou de suco.

SEMANA 32 – 3º dia

SEU CORPO

Um novo exame ultrassonográfico pode ser solicitado nesta fase para a avaliação do crescimento fetal; a determinação do peso fetal estimado; a avaliação da quantidade de líquido amniótico; a inserção da placenta; a circulação sanguínea, uteroplacentária e feto-placentária, e a posição fetal.

SEMANA 32 – 4º dia

SEU CORPO

Seu coração, a partir desta semana, trabalha um quarto mais rápido do que o normal para dar conta do volume de sangue que aumentou cerca de 2,5 litros. Por isso, é hora de intensificar as visitas ao obstetra.

Se antes a rotina de exames era mensal, agora será bem mais agitada. Fique atenta quando for às consultas.

É importante que você relate qualquer alteração no seu corpo e sintomas que possa a sentir. Dores de cabeça, sangramentos e contrações podem ser sinais de alerta. O bebê deve se mexer até o final da gestação.

SEMANA 32 – 5º dia

SUA SAÚDE E DE SEU BEBÊ

As bebidas alcoólicas durante a gravidez são totalmente desaconselhadas. Não existe qualquer barreira entre a mãe e o bebê. Isso significa que o nível de álcool no sangue materno e fetal é idêntico, com o agravante de que o fígado do feto é incapaz de desintoxicar-se do álcool que lhe chega, dependendo totalmente do fígado materno.

O álcool durante a gravidez pode provocar a síndrome alcoólico-fetal no seu bebê, que se caracteriza por atraso mental e traços faciais característicos. Apesar de essa síndrome costumar aparecer em grandes consumidoras de álcool, não existe um nível a partir do qual se possa assegurar que isto não vai acontecer.

SEMANA 32 – 6º dia

SEU BEBÊ

Você já pensou em encontrar o pediatra ideal para o seu bebê? Talvez este seja o melhor momento.

Ouça dicas de amigos e familiares, agende entrevistas com alguns profissionais. É importante que você se sinta à vontade com o pediatra que vai cuidar do seu filho. Avise-o se haverá a coleta do sangue e tecido do cordão umbilical e se você fará o exame de rastreamento genético de intolerâncias alimentares e de raios UV, ambos coletados do cordão umbilical.

SEMANA 32 – 7º dia

SUA SAÚDE

Se você se sentir incômoda com as articulações saiba que é normal. Trata-se da pressão que o centro de gravidade do corpo exerce sobre elas. Não há muita coisa que você possa fazer, apenas descansar.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima terceira semana de gestação

SEMANA 33 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Nesta fase, os ossos do crânio do seu bebê são macios e, ainda, não estão fundidos em conjunto. Dessa maneira, fica mais fácil a passagem do bebê pelo canal do parto. No entanto, os ossos do restante do corpo estão ficando cada vez mais rígidos.

A pele do bebê também perde o aspecto avermelhado e enrugado. Outra novidade desta semana é que o sistema respiratório está quase 100% maduro. Se for o seu primeiro filho, há mais chances de o bebê encaixar a cabeça na pelve esta semana, pressionando seu colo do útero.

SEMANA 33 – 2º dia

SEU CORPO

Pode ser que seus pés e suas mãos comecem a inchar. Isso, normalmente significa que você está retendo líquidos, o que costuma piorar nos dias quentes. Mesmo que pareça estranho, tomar bastante líquido e comer menos sal pode ajudar a aliviar esse sintoma.

Seu corpo – em especial os rins – e seu bebê precisam de muito líquido, portanto beba bastante água. Mas fique atenta, se perceber um inchaço repentino nas mãos ou no rosto, procure seu médico. Isso pode ser um sinal de Pré-eclâmpsia (perigosa elevação da pressão arterial em gestantes).

SEMANA 33 – 3º dia

SUA SAÚDE

É comum que nesta fase da gestação você sinta dores nas mãos de manhã ou formigamento nos dedos à noite. Isso acontece devido ao inchaço dos tecidos do pulso que pressionam os nervos. Outro sintoma inesperado da gravidez é a coceira. A coceira generalizada é muito desagradável. Converse com o médico para ver o que pode fazer para aliviá-la.

SEMANA 33 – 4º dia

SUA VIDA

Se você ainda pretende fazer um Chá de Bebê, é bom começar a planejar. Algumas futuras mamães preferem fazer vários eventos: um para o pessoal da empresa, outro para amigos e ainda um terceiro para a família. O importante é que você se divirta nesse momento, pois a organização não pode significar estresse.

SEMANA 33 – 5º dia

SEU BEBÊ

O cérebro do bebê está tornando-se ainda mais rápido conforme seus cinco sentidos ficam prontos para o mundo exterior. Neste ponto, ele pode ver o mundo líquido ao seu redor; sentir a sensação de agarrar um dedo do pé ou sugar o dedão; provar o líquido amniótico que ele está engolindo; e ouvir seu batimento cardíaco, sua voz e o roncar de seu estômago. Naturalmente, não há nenhum ar no útero para levar os cheiros, mas, se houvesse, ele poderia também cheirar seu ambiente

SEMANA 33 – 6º dia

SUA SAÚDE

Você está cansada de comer tudo natural? Esse não era o seu gosto, mas está se cuidando por causa da gravidez? Então, invista no sabor dos temperos:

  • Tomilho fica ótimo em verduras e frangos;
  • Louro combina com carnes e ensopados;
  • Um pouco de erva-doce, sálvia e manjericão realçam o sabor de sopas e saladas;
  • Experimente um molho com iogurte desnatado, mostarda e molho inglês. É muito menos calórico e bem saboroso!

SEMANA 33 – 7º dia

SUA VIDA

Com toda essa barriga, cortar as unhas dos pés vira um trabalho de contorcionista, e você pode sentir umas pontadas na barriga por conta da postura. Por isso, é melhor procurar ajuda de um pedicuro. Mas, se possível, não pinte suas unhas. Se houver parto prematuro você não poderá estar com as unhas coloridas (nem pés, nem mãos).

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima quarta semana de gestação

SEMANA 34 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Você já sentiu a sensação do seu bebê estar dando “pulinhos” ritmados? Isso se chama soluço: um movimento involuntário do diafragma. O aparecimento dos soluços no bebê é uma boa notícia, significa que o sistema nervoso dele está totalmente desenvolvido.

Aproveite esses momentos para que o papai possa sentir o bebê.

SEMANA 34 – 2º dia

SEU CORPO

Você sabia que, às vezes, pode se sentir mal pela posição em que está? Por exemplo, quando está deitada de barriga para cima o peso do bebê pressiona as veias e faz o coração mudar de ritmo. É por isso que muitas vezes os médicos recomendam às grávidas dormir de lado.  Procure sempre ficar confortável, mesmo que nesta fase da gestação seja uma missão quase impossível.

SEMANA 34 – 3º dia

SUA SAÚDE

Mais de 70% das gestantes reclamam de insônia e outros problemas para dormir, tais como necessidade frequente de urinar, ansiedade e preocupações. O ideal é sempre manter uma rotina noturna. Por exemplo, deitar sempre do mesmo horário e desligar a luz para de fato dormir na mesma hora.

Para dormir mais relaxada você pode tomar um banho morno. A alimentação também é bem importante. Fuja de alimentos pesados e muito condimentados durante a noite, eles podem causar azia e indigestão.

SEMANA 34 – 4º dia

SEU CORPO

Você sente uma sensação de formigamento ou dor no quadril? É resultado da pressão que o bebê faz sobre os nervos. Técnicas de relaxamento ou uma massagem podem ajudar, mas, se o incômodo for muito grande, procure seu médico. 

As quedas de pressão e sensação de desmaio e tontura também são sintomas normais nesta fase. Os motivos podem ser vários, como calor, movimentos muito rápidos, alimentação muito espaçada.

SEMANA 34 – 5º dia

SEU CORPO

No final da gestação é quando aumenta a retenção de líquido, o que pode ser sentido em suas mãos, pés, pernas e até no rosto. Para ajudar na diminuição dos inchaços uma das dicas é tomar água de coco.

A água de coco é muito rica em potássio, auxiliando assim na diminuição das câimbras. Também possui pouca caloria, zero gordura e muitos nutrientes, além de hidratar e ajudar no bom funcionamento do intestino. Como é uma bebida diurética também colabora na diminuição da retenção de líquidos.

SEMANA 34 – 6º dia

SEU BEBÊ

Você tem achado seu bebê muito quietinho? Calma, ele está se movendo com menos frequência por causa do espaço apertado.

Naturalmente, não parece que ele está confortável agora que é tão grande, mas se prestar bem atenção vai sentir até mesmo o movimento mais ínfimo.

Se ele estiver encostado na parede do seu útero, você pode até imaginar que parte do corpo dele está forçando contra a sua barriga: o pé, o cotovelo ou o braço, quem sabe? 

SEMANA 34 – 7º dia

SEU CORPO

Se você sente dor ou sensibilidade no umbigo, saiba que isso é normal no final da gestação. Essa sensação acontece porque a barriga cresce e distende ligamentos fibrosos do abdome que se inserem no umbigo. A separação da musculatura abdominal, que acontece pelo crescimento do útero, pode causar uma área de fraqueza na região do umbigo.

Isso costuma regredir depois da gestação, no entanto, se a regressão não acontecer, teremos a chamada hérnia umbilical (que pode ser corrigida cirurgicamente).

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima quinta semana de gestação

SEMANA 35 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Seu bebê está pesando por volta de 2,4 quilos, com aproximadamente 45 centímetros de comprimento. Devido ao rápido crescimento e ganho de peso, durante esses dias, ele ocupou ainda mais espaço dentro do útero, o que faz com que a sua movimentação seja mais difícil.

Seu cérebro continua crescendo durante esta semana. Os neurônios e conexões estão se desenvolvendo ainda mais e, após o nascimento, estarão perfeitamente conectados para receber estímulos.

Por isso, coma alimentos ricos em Ômega 3, como salmão, atum e sardinhas. Ômega 3 é um ácido graxo pertencente ao grupo de gorduras insaturadas, que não aumentam o colesterol sanguíneo.

SEMANA 35 – 2º dia

SUA VIDA

Você, certamente, já notou que todas as grávidas têm um jeitinho todo especial de andar: com as pernas meio abertas, pés apontados para fora, meio se balançando para cada lado a cada passo.

Parece uma tarefa difícil movimentar-se, mas nada impede que você continue caminhando. Andar é um ótimo exercício. Junto com a ioga e a hidroginástica, é uma das poucas atividades físicas que ainda dá para fazer com barrigão.

Além disso, vai ficar cada vez mais difícil dirigir. A legislação brasileira não impõe restrições para dirigir no último mês da gravidez, mas use o bom senso. Use sempre cinto de três pontos e tente manter alguma distância entre a barriga e o volante. Quando a distância deixar de existir, é hora de parar.

SEMANA 35 – 3º dia

SEU CORPO

A partir desta semana as alterações de humor ficam mais intensas. Hormônios, ansiedade, cansaço, muitas coisas para organizar e todas as preocupações com parto e a nova vida com o bebê fazem qualquer mulher ficar sensível.

Se você sentir que está começando a perder o controle pare tudo, respire fundo, alongue o corpo, relaxe e tente pensar em outra coisa. Assista a um filme, saia para caminhar e pense que você chegou à reta final.

SEMANA 35 – 4º dia

SEU BEBÊ

É muito importante comer porções de alimentos ricos em ferro no terceiro trimestre da gravidez. Seu bebê absorve este mineral para construir reservas de ferro em seu próprio corpo, a maior parte em forma de células vermelhas do sangue.

Evite consumir chá e café com suas refeições, porque eles contêm substâncias conhecidas como fenóis que interferem na absorção do ferro. Já alimentos ricos em vitamina C, tem capacidade de aumentar a absorção do ferro em até seis vezes.

Por isso, consuma suco de laranja, morangos e brócolis, em todas as refeições, especialmente quando consumir fontes vegetarianas de ferro, como feijão.

SEMANA 35 – 5º dia

SEU CORPO

Os braços e os pés do bebê estão ficando mais gordinhos e os órgãos estão quase todos formados. A partir de agora a tarefa principal será ganhar peso. Você já não deve estar sentindo tantos chutinhos, isso porque o espaço está ficando bem mais apertado.

Você deve sentir mudanças na sua rotina também. A pressão que o bebê faz sobre sua bexiga é cada vez maior, por isso deve urinar com muita frequência. O inchaço nos tornozelos e nos pés é normal nesta fase. Tente descansar e manter as pernas levantadas.

SEMANA 35 – 6º dia

SUA GESTAÇÃO

Nesta fase, muitos médicos pedem um exame chamado cultura da secreção vaginal, que aponta a presença ou não de estreptococos no canal do parto. O estreptococo do grupo B é um tipo de bactéria que com frequência existe no intestino das pessoas. Essas bactérias podem acabar “colonizando” a vagina também, e aí existe o risco de transmissão ao bebê durante o parto. 

Para evitar uma infecção no bebê ou em você, os médicos vão administrar antibiótico pela veia. Embora seja perigoso para bebês, principalmente os prematuros, o estreptococo B não costuma provocar sintomas em adultos e, na maioria das vezes, é inofensivo para a mulher. 

SEMANA 35 – 7º dia

SEU BEBÊ

A apresentação cefálica é a posição ideal para o nascimento do seu bebê. O trabalho de parto ocorre mais suave e sem problemas quando a cabeça do bebê – que é a maior parte do seu corpo – vem primeiro através do canal vaginal. Aproximadamente, 3% a 4% dos bebês não giraram para essa posição por 35 semanas. Apesar do espaço apertado no útero, ele ainda pode girar diversas vezes antes de nascer.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima sexta semana de gestação

SEMANA 36 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Agora, seu bebê já tem a pele mais lisa e gordura suficiente depositada sob a pele para permitir a regulação da temperatura após o parto. Sua cabeça deve estar coberta por cabelos, e as sobrancelhas e os cílios estão completamente formados. Os músculos estão cada vez mais fortes, ele tem reações, memória e as células cerebrais continuam se desenvolvendo.

Os pulmões ainda estão em formação, e o bebê produz cerca de 600 ml de urina que é liberada no líquido amniótico. Quando o bebê está acordado, os olhos permanecem abertos, ele reage à luz, mas apesar disso, passa a maior parte do tempo dormindo.

SEMANA 36 – 2º dia

GESTAÇÃO

A gravidez pressupõe o crescimento de um ser, geneticamente diferente dentro do útero da mulher, uma vez que herdou metade dos genes do pai. Seu organismo não deve rejeitar esse corpo estranho, pois desenvolve mecanismos imunológicos para proteger seu bebê.

No entanto, em alguns casos, o feto libera proteínas na circulação materna, que provocam uma resposta imunológica da gestante, que agride as paredes dos vasos sanguíneos, causando vasoconstrição e aumento da pressão arterial.

A hipertensão arterial na gravidez recebe o nome de pré-eclâmpsia, que pode instalar-se a partir da 20ª semana.  Ainda não se sabe o que leva ao desenvolvimento da pré-eclâmpsia. O que se sabe é que está associada à hipertensão arterial, que pode ser crônica ou específica da gravidez. Pacientes com pré-eclâmpsia leve devem fazer repouso, medir com frequência a pressão arterial e adotar uma dieta com pouco sal.

SEMANA 36 – 3º dia

SUA ALIMENTAÇÃO

Agora que o bebê está grande, pressionando todos os seus órgãos, pode ser que você não tenha mais tanta fome quanto tinha há algumas semanas. É melhor comer pequenas porções e com mais frequência, assim você também evita o inchaço.

O aconselhável é que as refeições sejam condimentadas de forma simples, evitando fritos e especiarias. É bom distribuir a ingestão de alimentos ao longo do dia, de forma a fazer refeições moderadas, mas frequentes, como cinco refeições por dia: café-da-manhã, meio da manhã, almoço, lanche e jantar.

SEMANA 36 – 4º dia

SUA SAÚDE

Você sabe quanto tempo dura um trabalho de parto? No momento em que as contrações começam a acontecer, com intervalos de aproximadamente 5 minutos, é normal que o parto vaginal dure em média 15 horas. Nesta fase de trabalho de parto ativo, as contrações são rítmicas e devem durar cerca de 1 minuto cada uma. Espera-se que o colo do útero demore uma hora e meia para dilatar cada centímetro. A dilatação total é de 10 centímetros.

Existem diversos recursos disponibilizados no hospital para acelerar esse processo. O uso de hormônio ocitocina em soro endovenoso (para intensificar as contrações), o rompimento da bolsa e a analgesia (que pode ajudar no relaxamento do colo e, consequentemente, na maior dilatação).

SEMANA 36 – 5º dia

SUA ALIMENTAÇÃO

Você sabe por que deve consumir vitamina K durante a gestação? Essa vitamina é essencial para a coagulação do sangue. Quando você se aproxima do parto, ela se torna muito importante. As verduras escuras como brócolis, espinafre, mostarda e escarola são ótimas fontes.

Para saber se seu bebê terá alguma Intolerância alimentar, como à lactose, frutose  ou ao glúten, para evitar efeitos colaterais desde cedo, você pode fazer um teste genético com uma gota do sangue do cordão umbilical do bebê logo na sala de parto. Fale com seu pediatra.

SEMANA 36 – 6º dia

GESTAÇÃO

Durante a gravidez, o bebê fica protegido, no útero, dentro de uma membrana, que fica cheia de líquido amniótico. Esse líquido pode ser claro, amarelado ou esverdeado (se estiver esverdeado, é sinal de que há sofrimento fetal, logo, a criança está passando por algum problema e, neste caso, precisa nascer o quanto antes).

Quando essa membrana se rasga por algum motivo, o líquido passa pelo colo do útero e sai pela vagina. É a chamada rotura espontânea das membranas. Em média, a mulher tem cerca de 1 a 1,5 litro de líquido amniótico.

Na maioria das mulheres, essa rotura acontece no final da primeira fase do trabalho de parto (quando acontecem as contrações que levam à dilatação do colo do útero). No entanto, outras sofrem o rompimento da membrana mesmo antes de sentirem contrações.

SEMANA 36 – 7º dia

GESTAÇÃO

Mamães de primeira viagem fiquem atentas: O fato de cair o tampão, aquela substância que protege, temporariamente, o colo do útero e evita a entrada de bactérias, não significa, obrigatoriamente, que você está prestes a dar à luz. Conforme vai chegando o momento do nascimento, o bebê pode forçar para abrir um pouco o colo (dilatação) e a mãe acaba liberando esse muco protetor, que costuma estar acompanhado de raias de sangue.

A perda do tampão facilita a ruptura da bolsa e pode ficar saindo por até uma semana. Muitas vezes, acontece um bom intervalo de uma coisa e outra. No entanto, se sentir contração, a bolsa romper ou eliminar o tampão, procure um médico. Isso vale também caso tenha algum sangramento ou outro desconforto.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima sétima semana de gestação

SEMANA 37 – 1º dia

SUA SAÚDE

Caso seu bebê ainda não tenha se posicionado corretamente, ou seja, ainda pressione seu estômago, você precisa continuar comendo pequenas porções nas refeições e fazer pequenos lanchinhos entre elas. Caso contrário você pode ter azia. Nesse caso, tem vários antiácidos que podem ser usados na gravidez para aliviar os sintomas.

Para evitar a sensação de fraqueza, a dica é comer barrinhas de cereais, sementes de abóbora e de girassol, pois são boas fontes de proteína e zinco. Seja qual for a semente que for comer, prefira as tostadas no forno ao invés das fritas. Essa é outra maneira de evitar mal-estar.

SEMANA 37 – 2º dia

A GESTAÇÃO E SEU SONO

O terceiro trimestre é o pior para o sono da grávida. Dormir quase sentada, com a ajuda de travesseiros, ajuda a aliviar a azia.  Devido à pressão que o bebê faz, as idas ao banheiro para urinar são cada vez mais frequentes, por isso, não tome muita água antes de dormir.

Outro sintoma que prejudica a hora do descanso são contrações de treinamento. Às vezes, elas vêm seguidas e dão até a impressão de que é o trabalho de parto. É o seu corpo se preparando nesta reta final. Calma, agora falta muito pouco.

SEMANA 37 – 3º dia

BABY BLUES

Até 80% das mulheres passarão por uma leve depressão nas primeiras semanas após o parto. É claro, ter um filho é maravilhoso, mas desafiador ao mesmo tempo.

Você poderá ter sintomas como irritabilidade, vontade de chorar, dificuldade de dormir, ansiedade e alterações de apetite. Fique atenta e converse com seu médico sobre isto. Os sintomas podem ser mais graves também, prejudicando seu vínculo com o bebê. Portanto, é melhor estar informada.

SEMANA 37 – 4º dia

O PARTO NORMAL

O parto normal é o maior milagre concedido às mulheres. Há quem fez cesariana e saiu sentindo que faltou alguma coisa. É incrível sentir um bebê saindo de dentro de você.

Se você sonha com esse momento, busque saber se a maternidade em que você deseja ganhar seu bebê está equipada para isso.

Uma sala com espaço para você ficar de pé ou de cócoras durante o trabalho de parto, uma cadeira de parto, bola de Pilates, um chuveiro com água quentinha para aliviar a dor, enfim, um local tranquilo.

SEMANA 37 – 5º dia

SEU CORPO

Assim que você ganhar o bebê, seu corpo vai começar a desfazer as mudanças ocorridas durante a gestação.

O sangramento é um dos sintomas do pós-parto. Você vai ter um sangramento considerável por até 40 dias. Após a cesariana, o tempo de sangramento é menor. Após uns 10 dias, ele vai se transformando em uma secreção amarronzada durante, aproximadamente, 6 semanas. Atenção para o excesso de atividade física, isso pode aumentar a intensidade do sangramento.

Seu útero vai voltar rapidamente ao tamanho normal. A amamentação acelera o processo de sua contração. Você pode sentir um pouco de cólica quando der de mamar, pois os hormônios estimulam as contrações do útero. Ainda permanecerá a linha escura  vertical na pele que atravessa a cicatriz umbilical. Ela desaparece lentamente após alguns meses.

SEMANA 37 – 6º dia

SUA GESTAÇÃO

Nem tudo, no final da gestação, é desconforto. Nesta fase, é possível que você sinta menos pressão sobre seus pulmões e diafragma. A respiração pode parecer mais confortável do que antes. Isso acontece porque seu bebê deve estar posicionado mais baixo nesses últimos dias. Provavelmente, você pode sentir como se ele tivesse caído por sua pélvis.

Essa queda, chamada de acoplamento, pode ocorrer algumas semanas antes do bebê nascer. Mas, se isso não acontecer, caso seja a primeira gestação, suas chances de precisar de uma cesariana aumentam. Da segunda gestação em diante, o bebê se encaixa durante o trabalho de parto.

SEMANA 37 – 7º dia

GRAVIDEZ E PLANO DE SAÚDE

Se você é mãe de primeira viagem, não deve estar sabendo que, mesmo tendo plano de saúde, o parto pode gerar despesas extras. Por isso, fique atenta a estas dicas:

  • Se tiver plano de saúde, você deve se informar na maternidade sobre taxa de paramentação para o pai, teste do pezinho ampliado, teste da orelhinha, vacinas particulares, refeições para acompanhantes, estacionamento e transporte.
  • Atenção aos profissionais que vão participar do parto. Verifique quais são cobertos pelo seu plano para evitar surpresas.
  • Se não tiver plano de saúde, ou não pode usá-lo por algum motivo, você tem duas opções: usar o SUS (toda a mulher tem direito a usá-lo) ou buscar um pacote das maternidades particulares. Os pacotes maternidades, normalmente, têm um plano para ser contratado a partir do quinto mês de gestação. Você vai pagando parcelado até a hora do parto.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima oitava semana de gestação

SEMANA 38 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Nesta etapa, os órgãos e sistemas do seu filho estão em pleno desenvolvimento. No entanto, os pulmões são os últimos a amadurecerem por completo. Muitas vezes, mesmo depois do nascimento, o bebê pode demorar um tempinho para adquirir um ritmo normal de respiração.

A partir deste momento, mais do que desenvolver alguma coisa, seu bebê vai acumular gordura para ajudar a controlar a temperatura depois do nascimento. As bochechas também vão acumular gordura, por isso o bebê tem a aparência tão rechonchuda.

SEMANA 38 – 2º dia

O PARTO

Um bom conselho, neste momento, é você começar a se preparar para o parto. Não fique ansiosa. Deixe a natureza agir. O bebê dará sinais quando estiver pronto para nascer.  É importante que você viva esse momento com muita tranquilidade. A respiração ajuda muito em caso de parto normal. Por isso, apesar da tensão do momento, tente se concentrar na respiração, principalmente, no ato de expirar.

Solte o ar e com ele toda a tensão do seu corpo. Inspire pelo nariz e expire pela boca. Contar pode ajudar nesse momento. Quando inspirar, conte devagar até 3 e, novamente, até 3 para expirar.

Outra boa dica é fixar o olhar em alguém ao seu lado. O futuro papai é um ótimo candidato para te acompanhar na respiração.

Mesmo que você já saiba que será uma cesariana, é importante o bebê dar sinais de que quer nascer, como deixar as contrações iniciarem. Isto desencadeia uma série de eventos no bebê e ele nascerá mais bem preparado e respirando melhor. Em raros casos não se deve esperar as contrações iniciarem, como quando a placenta está baixa, ou quando você tem duas cesarianas prévias.  

SEMANA 38 – 3º dia

O PARTO

Você já deve ter visto, seja na televisão ou no You Tube, diversos partos. O momento em que a mulher empurra, prende o ar é padrão. Mas é importante que você entenda qual a melhor maneira para passar por isso da forma mais confortável possível.

Durante o segundo estágio do trabalho de parto, você vai precisar fazer força para que o bebê saia. Tente concentrar a pressão do ar para baixo na direção da vagina, e não da garganta. Levante a cabeça e encoste o queixo no peito.

A força deve ser comprida para ser eficiente. Evite fazer pequenos esforços, curtinhos. O ideal é fazer uma força só, bem longa, para cada contração. Fazer força durante toda a contração, elimina a dor que ela causa. Uma informação importante é que as dores do parto são as contrações, principalmente após os 5 centímetros de dilatação, e não a saída do bebê.

SEMANA 38 – 4º dia

SEU BEBÊ

Seu bebê vem engordando a cada dia. Nesta fase, ele já consegue segurar coisas com as mãos, como o cordão umbilical. Depois de nascer, vai segurar seu dedo bem forte. Os órgãos estão totalmente desenvolvidos, os pulmões já funcionam. Por isso, a partir de agora, se ele nascer não deve enfrentar nenhum problema. 

Lembre-se que seu bebê deve se mexer até o final. Uma forma de controlar isso é deitar-se do lado esquerdo, meia hora após o café da manhã, almoço e janta. Fique deitada por uma hora. O bebê deve se mexer pelo menos três vezes após as refeições. Mesmo as  mexidinhas discretas contam. Caso ele esteja se mexendo menos, contato seu médico.

SEMANA 38 – 5º dia

SUA SAÚDE

Se você sentir que está entrando em trabalho de parto, procure comer coisa leves e de fácil digestão. Carboidratos, como macarrão, pães, arroz e grelhados são alguns alimentos recomendados. Lembre-se de que, chegando ao hospital, será colocada em jejum.

Caso você tenha agendada uma cesárea, o tempo recomendado de jejum para realizar a cirurgia é de 10 horas para líquidos e sólidos. . As lendas sobre truques para provocar o trabalho de parto pode causar problemas; por isso evite comidas apimentadas e ácidas como o abacaxi, por exemplo.

SEMANA 38 – 6º dia

SUA VIDA

O futuro papai também deve estar ansioso com a chegada do bebê. Pode ser que ele fique aflito de ver a mulher chorando (lágrimas e variações de humor são típicas dessa fase) e se sinta impotente. 

É importante que você converse e compartilhe o que está sentindo com ele. Faça-o participar desse momento.

Peça a ele conferir se os itens para levar à maternidade estão prontos e também para certificar-se de que o telefone do banco de coleta de células-tronco está na agenda do celular de vocês dois. Incentive-o a ler sobre o que fazer assim que o bebê nascer, sobre como tirar a certidão de nascimento entre outras coisas. Lembre-se que, para passar esses primeiros meses de tantas mudanças, o ideal é que os dois participem da rotina do bebê.

SEMANA 38 – 7º dia

O PARTO

Você já ouviu falar que a lua influencia no parto? Pode ser divertido ou interessante procurar informações sobre isso e tentar relacionar com a sua experiência. No entanto, não existe nenhuma comprovação científica ligando as duas coisas.

É verdade que os cientistas não sabem explicar o que desencadeia o trabalho de parto, mas não há nada que indique que a força gravitacional da lua possa afetar o corpo humano. Muitas vezes, a mudança de lua coincide com o dia do parto, mas o que sabemos hoje é que se trata de pura e simples coincidência.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Trigésima nona semana de gestação

SEMANA 39 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Seu filho está prontinho para nascer. A partir de agora serão apenas os toques finais, como o amadurecimento do cérebro e o surgimento de novas camadas de pele para torná-la mais resistente. O sistema nervoso está completamente desenvolvido e o cérebro já é um jogo completo de 100 bilhões de neurônios. O pulmão está em condições de funcionar, mas isso só acontecerá após o nascimento, no momento daquele chorinho emocionante.

SEMANA 39 – 2º dia

CUIDADOS COM O BEBÊ E NA AMAMENTAÇÃO

Ficam aqui algumas dicas de cuidados com o bebê depois de ele nascer e com a amamentação.   

Se você é da linha mais natureba, depois de limpar o bumbum nas trocas das fraldas, pode usar a maisena para evitar as assaduras. A maisena absorve a umidade e é mais fácil de tirar da pele do que as tradicionais pomadas.

Ao final de cada mamada, deixe o bebê largar o peito, ou então coloque seu mindinho no canto da boca dele, para que ele abra a boca e solte o mamilo.

Evite puxar ele do peito, pois isso acaba causando micro lesões e por consequência, as rachaduras. Essa é uma forma de prevenir isso.

Ainda na linha mais natureba, caso os mamilos estejam machucados, um ótimo cicatrizante é a casca do mamão papaia. Você corta um quadrado da casca que cubra o mamilo todo e coloque por dentro do protetor de seios. De um dia para o outro há uma melhora imensa.

Isto acontece porque a casca do mamão papaia possui um cicatrizante poderoso, a papaína, e o melhor é que o bebê não estranha o gosto na próxima mamada.

SEMANA 39 – 3º dia

SEU BEBÊ

Você sabia que os bebês, realmente, reconhecem a voz da mãe após o nascimento? Muitos estudos foram realizados e comprovaram que os recém-nascidos se acalmam ao ouvir a voz da mãe. Ainda, muitos especialistas acreditam que ao ouvir a voz da mãe, ainda dentro no útero, os bebês começam a aprender a usar a linguagem.

Após o nascimento você pode usar ruídos que imitem os que acontecem dentro do útero para acalmar o bebê na hora do berreiro. Barulho de ventilador, chiado de televisão ou de rádio fora do ar são bons exemplos.

SEMANA 39 – 4º dia

SUA VIDA

Este é o momento de pensar na depilação. Se estiver com energia para isso, marque um horário esta semana. Sem dúvida, você sozinha não deve estar conseguindo alcançar todos os lugares do seu corpo da onde gostaria de tirar uns pelinhos.

Depois que o bebê chegar, suas prioridades vão mudar bastante. Toda mulher tem sua vaidade, e estar com ela em dia ajuda bastante a manter o bom humor em um momento de grandes mudanças.

Lembre-se de que, se for fazer as unhas, deve usar esmalte transparente. As maternidades precisam enxergar a coloração das pontas dos seus dedos.

SEMANA 39 – 5º dia

SUA VIDA

Se o nascimento será de um segundo ou terceiro filho, melhor ter uma boa conversa com o primogênito sobre o irmão ou irmã que vem para compor a família. Prepará-lo para ter de dividir a atenção dos pais é primordial.

Como todo bom começo pode definir por muito tempo a qualidade de uma relação, é hora de providenciar aquele presentinho que o novo membro vai trazer para seu irmão ou irmã mais velha na sua chegada. Isso sempre cai bem.  

SEMANA 39 – 6º dia

SEU CORPO

Você acha que vai saber a hora certa do nascimento do seu bebê? Talvez, você tenha sentido as esperadas contrações chamadas de Braxton Hicks, que são uma prática prévia do corpo ao verdadeiro processo de parto.

Agora, quando você está a ponto de dar à luz, pode ser difícil estabelecer as diferenças entre um parto real ou falso. Se as contrações são irregulares e se acalmam quando muda de posição, é provável que esteja apresentando um parto falso, que pode se transformar em real em questão de minutos.

Conte as contrações. A hora de ir para o hospital é quando você apresentar contrações que vem em intervalos regulares, por exemplo, de cinco em cinco minutos, e que permanecem nesse ritmo por, pelo menos, uma hora. Cada contração também deve durar quase um minuto cada. Se a bolsa d’água romper, dirija-se ao hospital imediatamente.   

SEMANA 39 – 7º dia

SEU CORPO

É provável que você tenha inchaço nos pés e nas mãos, principalmente, quando faz calor. Prepare-se, depois do parto você vai inchar mais ainda. Isso acontece até você conseguir se livrar do excesso de líquido que há no seu corpo.

Nas semanas seguintes, após o nascimento do seu bebê, a transpiração aumenta muito. A dica é usar sapatos maiores. Lembre-se de levá-los à maternidade. Mas calma, após 15 ou 20 dias, seus pés vão desinchar.

Você já ouviu falar que depois da gravidez os pés aumentam? Pois saiba que isso é verdade. Você pode aumentar um número.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Quadragésima semana de gestação

SEMANA 40 – 1º dia

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ

Não dá para ter certeza absoluta do tamanho que seu bebê terá ao nascer, mas a média dos recém-nascidos vêm ao mundo com cerca de 3 quilos e medindo por volta de 50 centímetros.

Os ossos da cabeça do nenê ainda não estão totalmente unidos, o que permitirá que eles se sobreponham um tantinho se a passagem do canal de parto estiver bem apertada. Essa flexibilidade óssea é o motivo por que muitas crianças nascem com uma cabeça que lembra um cone. Se for o caso do seu filho, não se preocupe, já que isso é perfeitamente normal e temporário.

SEMANA 40 – 2º dia

SUA VIDA

O dia do nascimento deve estar programado para essa semana, mas é normal que se prolongue por até mais duas, principalmente se for o primeiro filho. Muitos bebês demoram mais do que outros para querer sair do “ninho”.

A partir de agora, fique especialmente atenta aos movimentos do bebê. Pratique essa observação, deitando do lado esquerdo meia hora após o café-da-manhã, almoço e janta. Fique deitada por uma hora. Seu bebê deve se mexer, pelo menos, três vezes durante essa hora. Isso é um sinal de bem estar fetal. Caso contrário, contato seu médico.

Você deve estar muito ansiosa. Seu bebê deve chegar a qualquer momento. A mala da maternidade está prontinha, a máquina de fotos em mãos e a barriga está enorme e pesada. Se a bolsa de água romper, não se desespere. Depois da bolsa rompida, as contrações podem demorar a aparecer. Ligue para seu médico, para receber as orientações e desloque-se para o hospital.

SEMANA 40 – 3º dia

Seu bebê deve estar com, aproximadamente, 3,5 quilos. Dos pés à cabeça, cerca de 48 centímetros, em média. Tudo confere e não resta dúvida: o grande dia está chegando para o seu bebê. Ele agora começa a liberar corticosteroides, uma série de hormônios diferentes, que fazem os músculos do útero se contraírem. De um minúsculo embrião, conseguiu evoluir e, pouco a pouco, transformou-se em um ser humano dotado de inteligência e grandes habilidades.

SEMANA 40 – 4º dia

Seu bebê está encolhidinho e bem apertado dentro do útero e está todo coberto pelo Vernix, uma substância esbranquiçada. Mesmo depois que ele nascer, seu corpinho continuará encolhido por algumas semanas em posição fetal. Ele está bem acostumado a manter suas pernas e braços juntinhos do corpo.

SEMANA 40 – 5º dia

Órgãos e sistemas corporais estão prontos para a vida fora do útero. Ele também armazenou amido no fígado, para ser convertido em glicose depois do nascimento, e tem fluidos extras a bordo também. Ele está bem equipado para aguentar o parto e o primeiro dia enquanto o leite de seu peito começa a fluir.

SEMANA 40 – 6º dia

Mala no porta-malas, o enfeite da porta da maternidade na mão e o papai ansioso andando de lá para cá. Agora, é só uma questão de horas.

A qualquer momento, as contrações mais intensas aparecerão. Ao perceber um padrão no intervalo entre elas, ligue para seu médico ou siga para a maternidade. Logo mais você estará amamentando e dando banho no bebê. Emocionante!

SEMANA 40 – 7º dia

O PARTO

Logo após o primeiro suspiro profundo, vem o lamento digno de um cantor de ópera. O som do choro do bebê é uma experiência paradoxal. Por um lado, ninguém gosta de ouvir uma criança sentindo medo ou desconforto, por outro, um choro alto e forte significa que ela está respirando bem. Mas não espere ver lágrimas ainda.

Suas glândulas lacrimais não produzirão lágrimas até que ele tenha algumas semanas de idade. E mesmo que o seu bebê não dê esse clássico choro, não se assuste: algumas crianças não choram no nascimento. O mais importante é que ele comece a respirar. A partir daqui, seu bebê está pronto para uma nova jornada. E, dessa vez, ao seu lado, e não dentro de você.

O fim da gravidez representa o início de uma nova jornada de descobertas, aprendizado e alegrias. Também é o começo de uma nova vida que precisará de todo seu carinho. Parabéns, mamãe, sejam muito felizes!

Mamãe de primeira viagem? Baixe aqui o eBook gratuito com 6 dicas essenciais para a gravidez!