alterações de humor na gravidez

Saiba porque a mulher sofre tantas alterações de humor na gravidez

A gestante começa a rir compulsivamente por uma coisa que nem tem tanta graça assim. Depois, começa a chorar por qualquer coisa, algo que parece simples aos olhos dos outros. Ambas as cenas são comuns e fazem parte das alterações de humor na gravidez.



Essas alterações são causadas pelo turbilhão de hormônios produzidos durante a gestação. O aumento na produção hormonal e o desenvolvimento do bebê geram mudanças físicas e nas funções de órgãos e sistemas da gestante, como modificações na textura das unhas e fios de cabelo, mudanças em funções do sistema endócrino, entre outras.

Está grávida? Clique e conheça os primeiros sintomas da gestação

Na mente, também vêm aquelas mudanças subjetivas: pairam dúvidas sobre a saúde do bebê em desenvolvimento, os conflitos de deixar de ser filha e passar a ser mãe, as brigas com o espelho por causa das mudanças corporais.

Com tanta coisa acontecendo, é normal que o humor fique mais ‘maleável’. Afinal, não é fácil superar tantas mudanças e conflitos que podem afetar a autoestima da mulher.

Principais hormônios produzidos na gestação

variacoes-de-humor-na-gestacao-interna

A gestação eleva a produção do estrogênio, hormônio responsável pelo desenvolvimento e regulação do sistema reprodutor feminino, e da progesterona, que também atua sobre o sistema reprodutor, preparando-o para o período inicial da gravidez e sua manutenção.

O estrogênio pode provocar dilatação dos vasos sanguíneos, levando ao desenvolvimento de dores de cabeça, rinite e “calorões”. Além disso, o estrogênio está ligado ao aumento da libido.

A progesterona é responsável direta pelo cansaço excessivo, enjoo e náuseas, podendo deixar as gestantes irritadas e ansiosas. Aqueles cochilos frequentes na frente da TV, ou a intolerância àquele perfume que antes tinha aroma agradável, são decorrentes do aumento na produção de progesterona durante a gravidez.

Além disso, há um aumento na produção de prolactina, que como o nome já indica, atua na produção de leite pelas glândulas mamárias. O aumento nos níveis de prolactina pode estar relacionado à diminuição da libido.

Produção de hormônios tireoidianos durante a gravidez

As alterações hormonais e imunológicas na gestação e a captação de iodo pelo feto em desenvolvimento podem provocar disfunção na glândula tireóide, o que pode levar a alterações no humor das futuras mamães.

A disfunção pode resultar na insuficiência tireoidiana (hipotireoidismo), levando a uma redução do metabolismo e do vigor físico e mental, ou no aumento da produção e liberação dos hormônios tireoidianos (hipertireoidismo), que intensifica o metabolismo e resulta em taquicardia e outros sintomas.

Durante a gestação, é recomendada a ingestão de iodo em níveis adequados para evitar o desenvolvimento de distúrbios na tireóide. Nesse sentido, evidências clínicas demonstraram que os benefícios da suplementação do mineral vão além. Segundo um estudo inglês, filhos cujas mães ingeriram doses adequadas de iodo na gravidez apresentaram melhores resultados em testes de quociente de inteligência (QI) e de leitura.

Clique e conheça quais são os alimentos ricos em iodo

Recomendações para melhorar o humor

Exceto pelos casos clínicos (quando as alterações são causadas por algum problema de saúde), a melhor medida para amenizar as mudanças bruscas de humor são o carinho e o apoio da família durante e após a gestação.

variacoes de humor na gestacao

As alterações de humor são mais suaves ou menos agressivas na gestante que vive em um ambiente agradável e que pode contar com o chamado “suporte social”, ou seja, pessoas que a futura mãe possa confiar, que a valorizam e que se preocupam com ela.

Compreender as mudanças pelas quais as gestante está passando, seus conflitos e oferecer segurança, seja com um relacionamento sadio entre marido e mulher, seja na relação dos pais e irmãos, são os caminhos para amenizar o impacto das alterações de humor na futura mãe.