primeiro banho do bebê

Tudo sobre o primeiro banho do bebê

O primeiro banho do bebê é um momento muito especial para os pais. Geralmente dado na maternidade, é uma das primeiras oportunidades de expressar o carinho e cuidado com o filho. Porém, mesmo que seja uma lembrança que os pais guardarão para sempre, podem surgir muitas dúvidas.

O corpo do bebê é muito frágil e os pais, às vezes inexperientes, ficam com medo de machucá-lo, deixá-lo cair ou fazer alguma coisa que prejudique sua saúde depois.

Para o primeiro banho do bebê, os novos pais precisam tomar os seguintes cuidados:

O primeiro banho do bebê na maternidade

Quando o bebê nasce, uma enfermeira o limpa ainda na sala de parto. Mas o primeiro banho do bebê pode não ser como os pais imaginam. Ele é normalmente dado cerca de três horas depois do nascimento, usando panos umedecidos para retirar os restos resultantes do parto que ficam na cabeça do bebê. Com água, sabão ou óleo de bebê e um pente fino, a enfermeira retira os restos do couro cabeludo.

Os próximos banhos do bebê recém-nascido devem ser parecidos com esse. Sem imersão na água, utilizando um pano ou esponja suave umedecida com água morna. Você pode limpar o rosto do bebê com um algodão, um pouco de sabão neutro e água também morna. Use uma toalha suave para enxugá-lo, sem esfregar.

Nos primeiros meses, evite utilizar talco, colônias e outros produtos que podem desencadear alergias. Deixe a banheira na altura de quem vai dar o banho no bebê. Para deixar a experiência mais agradável, cante para ele ou converse e não se preocupe: o choro é normal nesse momento!

A importância do vérnix

Dando banho no bebê pela primeira vez, é possível notar um material orgânico em sua pele – o vérnix caseoso. A Organização Mundial da Saúde recomenda que não se force a retirada dessa camada durante o banho.

Ela é resistente e muitos pais (e até enfermeiras) pensam que devem esfregar a pele do bebê até que saia, mas o certo é esperar que ela saia gradualmente, nas próximas horas após o nascimento.

O vérnix tem muitas funções que beneficiam a saúde do bebê, como:

  • Hidratação: por causa de seu alto teor de água, o vérnix hidrata e aumenta a plasticidade da pele do bebê;
  • Barreira contra infecções: o vérnix funciona como uma barreira física contra infecções na pele;
  • Formação do manto ácido: o pH da pele do bebê é neutro, e é necessário que seja levemente ácido para combater o surgimento e crescimento de bactérias. O vérnix protege a pele do bebê e auxilia na formação do manto ácido;
  • Proteção solar: como contém melanina na composição, o vérnix protege dos raios ultravioleta e da luz solar;
  • Propriedades regenerativas: o vérnix ajuda a regenerar a pele, sendo utilizado até mesmo em tratamentos em adultos.

O período ideal para manter o vérnix gira entre as 8 primeiras horas até o fim do primeiro dia de vida completo do bebê. Depois das 24 horas, a alta umidade do material pode provocar alergias e infecções e deve ser removido.

As únicas exceções, que exigem que o vérnix seja retirado imediatamente, envolve bebês filhos de mães portadoras de HIV, casos de infecções anteriores e no parto, e em casos de líquido amniótico meconial ou fétido.

O primeiro banho é uma experiência inesquecível para os pais e cheia de primeiras sensações para o bebê. Não tenha vergonha de perguntar ao seu médico o que fazer nesse momento, caso surjam mais dúvidas. Aproveite bem essa primeira oportunidade de oferecer cuidado e carinho ao seu filho.

E para comemorar esse nascimento tão esperado, que tal uma festa na maternidade?