livros para adolescência

Dicas de livros para compartilhar com filhos adolescentes

Muitas pessoas não acreditam, mas é verdade: os jovens são grandes leitores. Mesmo com tantos concorrentes no entretenimento – a televisão, o computador, o celular –, as feiras de livros continuam tendo os adolescentes como o público mais assíduo. A melhor maneira de cultivar esse hábito é dando o exemplo e compartilhando com seus filhos o amor pela leitura.

Mas se você não tem certeza do que eles podem gostar de ler, não se preocupe: fizemos essa seleção de seis livros que tanto você quanto seu filho adolescente vão adorar. Eles falam diretamente para o público jovem e tratam de assuntos com que eles se identificam. São divertidos, emocionantes e carregam lições importantes. Confira!

Livros da moda entre adolescentes

quem é voce alascaQuem é Você, Alasca?, de John Green

O autor – o mesmo de “A Culpa é das Estrelas” – é um dos preferidos entre adolescentes por suas histórias dinâmicas e realistas. Neste best-seller, Miles Halter, um adolescente entediado, decide estudar em um colégio interno. Lá ele conhece Alasca Young, uma menina espirituosa, problemática e extremamente sexual.

A história trata das descobertas e dos confrontos típicos da adolescência – o sexo, as drogas, a morte.

O final é surpreendente.

A edição em português foi lançada em 2015 pela Ed. Intrínseca.

ExtraordinárioExtraordinário, de R. J. Palácio

Esse livro fala sobre aceitação e preconceito enquanto narra a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética que o deixa com uma deformidade facial. Ele, que nunca tinha frequentado uma escola, decide encarar esse desafio em uma escola particular de Nova Iorque. Como seus novos colegas vão reagir?

Uma leitura importante em uma idade em que aceitar a própria aparência é tão difícil.

A edição em português foi lançada em 2013 pela Ed. Intrínseca.

eleanor e parkEleanor & Park, de Rainbow Rowell

Não poderia faltar uma história sobre o primeiro amor nessa lista. Eleanor e Park são dois jovens de 16 anos que estudam na mesma escola. Eles se encontram todos os dias no ônibus e, apesar de suas muitas diferenças, se apaixonam um pelo outro, embalados pelo gosto musical semelhante. Mas o amor dos dois acaba enfrentando muitas questões: a família exigente de Park, o padrasto violento de Eleanor, os preconceitos com a etnia dele e o peso dela.

É um romance puro, bonito e profundo.

O livro tem versão em português publicada pela Ed. Novo Século em 2014.

Eu te darei o Sol, de Jandy Nelson

Esse não pode faltar para os adolescentes que têm irmãos. Noah e Jude são irmãos gêmeos que vivem as descobertas da adolescência de modos diferentes, mas também parecidos: lutando por bolsas em escolas renomadas de artes, tentando fazer amigos, vivendo os primeiros amores, tendo problemas para compreender os pais e, acima de tudo, fazendo o possível para que o vínculo entre eles não termine.

É um livro emocionante que fala da importância da família e do autoconhecimento.

Versão em português publicada pela Ed. Novo Conceito em 2015.

Livros clássicos para a adolescência

norwegian woodsTokio Blues: Norwegian Wood, de Haruki Murakami

Adolescentes sempre passam por uma fase – que, às vezes, dura anos – em que se sentem perdidos e torturados. Publicado em 1987, “Norwegian Wood” fala diretamente para eles.

Tratando de cultura, morte, sexo e as inseguranças da adolescência, esse romance intimista, que conta a história de jovens apaixonados, pode ter uma carga emocional muito forte para alguns. Porém, é ótimo para os jovens se identificarem e descobrirem que não estão sozinhos.

No Brasil, o livro mantém o nome original (emprestado de uma canção dos Beatles), mas tem versão em português lançada pela Ed. Alfaguara em 2008.

o apanhador no campo de centeioO Apanhador no Campo de Centeio, de J.D. Salinger

Um clássico da literatura mundial, é um conto sobre a passagem da adolescência para a vida adulta com um protagonista que deve tomar decisões para crescer. Os temas são pesados – álcool, drogas, prostituição – e o assunto é tão atual que é de se admirar que tenha sido escrito há tantos anos.

O livro é leitura obrigatória em alguns lugares dos Estados Unidos e proibida em outros.

Publicado originalmente em 1951, está na 18ª edição no Brasil. A mais recente é de 2012, publicada pela editora do autor.

Gostou dessas indicações? Não deixe de ler esses livros, além de indicá-los para o seu filho. Não vai mais faltar assunto na mesa de jantar!